• Em Campinas Brasil Kirin vence o São José Vôlei com apoio da torcida

    Superliga
  • Com 51 pontos Rexona-AdeS vence o Dentil/Praia Clube e dispara na liderança

    Dentil/Praia Clube (MG) e Rexona-AdeS (RJ) protagonizaram a final da Copa Banco do Brasil há 13 dias e voltaram a se enfrentar na noite desta sexta-feira (12.02), pela oitava rodada do returno da Superliga feminina de vôlei 15/16. Diferente do jogo anterior, quando o time carioca venceu por 3 sets a 0, desta vez houve um equilíbrio maior, mas a equipe dirigida pelo técnico Bernardinho conquistou novamente o resultado positivo: 3 a 1 (28/26, 24/26, 25/14 e 25/20), em 2h19 de partida disputada no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG).A ponteira Natália foi a jogadora mais votada no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e recebeu o Troféu VivaVôlei, de melhor jogadora da partida. Já premiada, a atacante falou sobre o importante resultado positivo do seu time, especialmente depois de ter ficado de fora da partida passada, contra o Pinheiros/Klar (SP).“Tive uma dor muscular e essas dores são perigosas. Então, fui poupada no jogo contra o Pinheiros e, depois, tivemos uns dias de folga no Carnaval. Deu para descansar para voltar bem para esse jogo contra o Praia. O nosso time ainda tem o que melhorar, não podemos vacilar em alguns momentos e temos que trabalhar muito para melhorar porque daqui para frente só vai ficar ainda mais difícil. De qualquer forma, os três pontos foram importantes e todo o grupo esta de parabéns”, disse Natália.Após o primeiro resultado negativo do Dentil/Praia Clube em casa, a levantadora Claudinha lamentou a perda de paciência em alguns momentos.“Hoje fizemos um jogo melhor do que nas outras partidas em que enfrentamos o time do Rexona-AdeS, mas acho que o nosso grupo perdeu a paciência em alguns momentos. Jogar contra elas é difícil. Em algumas passagens, estamos nos perdendo mesmo com o jogo estando bom para o nosso lado. Agora temos que ter a cabeça no lugar e treinar ainda mais porque tem muita Superliga pela frente”, destacou Claudinha.Na nona rodada do returno, o Dentil/Praia Clube enfrentará o Concilig/Vôlei Bauru (SP), na casa do adversário, na próxima quarta-feira (17.02). O Rexona-AdeS volta à quadra para jogar um dia antes, na terça (16.02), contra outro time mineiro, o Camponesa/Minas (MG), também diante da torcida adversária. Essa partida terá transmissão ao vivo do canal SporTV.O JOGOA central Walewska abriu o placar do jogo no ponto de bloqueio para o Dentil/Praia Clube. O Rexona-AdeS assumiu o comando do placar com erro de saque do adversário e no bloqueio de Natália. Com Walewska inspirada, especialmente no bloqueio, o Praia fez 6/3 e forçou Bernardinho a pedir tempo. O time da casa ainda fez 9/6. No ace de Carol, o Rexona-AdeS encostou em 15/14 e, com Gabi, deixou tudo igual. Na sequência, com bons saques de Malu, a equipe da casa fez 18/15. Na bola de segunda de Claudinha, o Dentil/Praia Clube fez 20/17. No erro do adversário, o Rexona-AdeS chegou ao empate em 20 pontos. Foi a vez de Picinin pedir tempo. A reta final do set foi bem disputada. As equipes estiveram empatadas em 22/22.Assim como no primeiro set, o Dentil/Praia Clube saiu na frente e fez 5/2. O Rexona-AdeS diminuiu a vantagem do adversário e encostou em 6/5. No ace de Monique, a equipe carioca deixou tudo igual em Uberlândia: 7/7. Contando com erros do time da casa, o time dirigido pelo técnico Bernardinho fez 12/10. Em boa passagem de Ju Carrijo pelo saque, o Dentil/Praia Clube assumiu o comando do placar (19/17). No bloqueio de Natasha, o time da casa fez 21/18. O time do Rio de Janeiro não desistiu do jogo e, com bloqueio de Carol, empatou em 22/22. No final, com Walewska, o Dentil/Praia Clube fechou em 26/24.O Rexona-AdeS começou melhor no terceiro set e abriu 5/1. Neste momento, o técnico da casa pediu tempo. O time visitante seguiu melhor e colocou cinco pontos de vantagem em 9/4. O Dentil/Praia Clube melhorou e buscou o jogo, se aproximando no placar em 9/7. Quando a diferença voltou a aumentar a favor do time do Rio de Janeiro (13/8), Picinin pediu tempo. O placar ainda foi a 16/8 para o Rexona-AdeS. Diferente das parciais anteriores, o Rexona-AdeS teve tranquilidade para chegar a 23/14 e, depois, fechar em 25/14.O quarto set teve um início mais equilibrado, com o Dentil/Praia Clube em vantagem de apenas um ponto (4/3). O Rexona-AdeS, então, passou a pontuar mais e abriu vantagem de 8/5. Após boa reação do adversário, que reduziu a desvantagem para 10/8, o time carioca pediu tempo. Mas, a equipe dirigida pelo técnico Bernardinho voltou a pontuar e, com Juciely, fez 18/15. O set voltou a ficar equilibrado em 19/17. O Rexona-AdeS, então, abriu bem em 23/18. E, no final, a equipe carioca venceu por 25/20.EQUIPESDENTIL/PRAIA CLUBE – Claudinha, Malu, Natasha, Walewska, Michelle e Alix. Líbero – Tássia Entraram – Pri Daroit, Ju Carrijo, EdneiaTécnico: Ricardo PicininREXONA-ADES – Court, Monique, Juciely, Carol, Gabi e Natália. Líbero – FabiEntraram – Lorenne, Roberta, DrussylaTécnico: BernardinhoOutros resultados da rodadaO Terracap/Brasília Vôlei (DF) jogou em casa, no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF), e venceu o São Bernardo Vôlei (SP) por 3 sets a 0, com parciais de 25/11, 25/16 e 25/18, em 1h25 de partida. A líbero Sassá foi um dos destaques e, eleita a melhor em quadra, recebeu o Troféu VivaVôlei. Sua companheira de equipe, a central Roberta, foi quem mais pontuou em quadra, com 14 pontos.O Pinheiros/Klar (SP) recebeu o Concilig/Vôlei Bauru (SP) e conseguiu boa vitória por 3 sets a 1 (25/21, 21/25, 25/21 e 25/20), em 2h06. Com boa atuação, a levantadora Ananda recebeu o Troféu VivaVôlei e sua companheira de time, Paula, foi a maior pontuadora em quadra, com 33 acertos.Depois de muito equilíbrio, o Renata Valinhos/Country (SP) recebeu o Sesi-SP e conseguiu bom resultado, no tie break, com parciais de 25/20, 17/25, 26/24, 22/25 e 15/12. Depois de 2h30 de partida, Mariele Camargo se destacou e foi premiada com o Troféu VivaVôlei. Apesar da derrota do seu time, a ponteira Ellen foi a maior pontuadora do jogo, com 25 acertos.O Rio do Sul/Equibrasil (SC) jogou fora de casa e, no ABC Paulista, conseguiu boa vitória sobre o São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) por 3 sets a 2 (25/20, 21/25, 21/25, 25/21 e 15/12), em 2h33 de confronto. A central Camila Paracatu ganhou o Troféu VivaVôlei, de melhor jogadora da partida. Mesmo com o resultado negativo do São Caetano, a oposto Lia foi quem mais pontuou no jogo, com 21 acertos.Em Belo Horizonte, o Camponesa/Minas (MG) conseguiu importante vitória nesta noite sobre o Vôlei Nestlé (SP). Após 2h27 de partida, o time mineiro venceu por 3 sets a 1 (26/24, 21/25, 25/20 e 25/23). Duas jogadoras do time mineiro se destacaram: Carla, dona do Troféu VivaVôlei, e Tandara, maior pontuadora do jogo, com 19 pontos.GALERIA DE FOTOS – Camponesa/Minas x Vôlei Nestléhttp://superliga.cbv.com.br/imprensa-superliga/galeria-de-fotos/item/3881-belo-horizonte-mg-12-02-16-camponesa-minas-x-volei-nestleSUPERLIGA FEMININA 15/16OITAVA RODADA DO RETURNO12.02 (SEXTA-FEIRA) – Renata Valinhos/Country (SP) 3 x 2 Sesi-SP, às 19h30, no Pedro Ezequiel da Silva, em Valinhos (SP) (25/20, 17/25, 26/24, 22/25 e 15/12)12.02 (SEXTA-FEIRA) – Camponesa/Minas 3 x 1 Vôlei Nestlé, às 19h30, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) (26/24, 21/25, 25/20 e 25/23)12.02 (SEXTA-FEIRA) – Pinheiros/Klar (SP) 3 x 1 Concilig/Vôlei Bauru (SP), às 19h30, no Henrique Villaboim, em São Paulo (SP) (25/21, 21/25, 25/21 e 25/20)12.02 (SEXTA-FEIRA) – São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) 2 x 3 Rio do Sul/Equibrasil (SC), às 20h, no Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP) (20/25, 21/25, 21/25, 25/21 e 15/12)12.02 (SEXTA-FEIRA) – Terracap/Brasília Vôlei (DF) 3 x 0 São Bernardo Vôlei (SP), às 20h, no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF) (25/11, 25/16 e 25/18)12.02 (SEXTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) 1 x 3 Rexona-AdeS (RJ), às 21h, no Praia, em Uberlândia (MG) (26/28, 26/24, 14/25 e 20/25)O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro Read More
    Superliga
  • Sul-Americano Duplas brasileiras fazem boa estreia no Chile

    A segunda parada do Circuito Sul-Americano 2016 começou nesta sexta-feira (12.02), em Coquimbo, cidade do litoral norte chileno. O Brasil está representado por quatro duplas no torneio e teve uma boa estreia com seis vitórias em sete jogos disputados pelos representantes verde e amarelos. O primeiro jogo foi uma disputa caseira no naipe masculino. O medalhista olímpico Márcio Araújo, ao lado de Luciano (CE/ES) venceram Arthur Lanci e Eduardo Davi (PR) por 2 sets a 0 (21/17 e 21/10). Na sequência do dia, o cearense e o capixaba bateram também a dupla boliviana Gemio/Canedo por 2 sets a 0 (21/8 e 21/5). Já os jovens paranaenses se redimiram com a vitória sobre os chilenos Chavez e Chacoff em dois sets (21/14 e 21/13). Entre as mulheres a parceria formada por Ângela e Rachel (RJ/DF) conseguiu dois resultados positivos. Primeiro levaram a melhor sobre as bolivianas Oropeza e Zeballos por 2 sets a 0 (21/9 e 21/7), e depois encerraram o dia com novo triunfo, desta vez sobre Badal/Izquierdo, uma dupla da casa, também por 2 sets a 0 (21/9 e 21/10). A outra parceria brasileira no naipe feminino, Beatriz e Amanda (RJ/RJ) começaram bem e bateram as paraguaias Pati e Filipo no tiebreak (21/13, 13/21 e 15/11). No entanto, a jovem dupla do Brasil foi superada na partida seguinte por Pazo/Agudo, da Venezuela, por 2 sets a 0 (21/13 e 21/11). A disputa pelo título em Coquimbo continua neste sábado (13.02) com a última rodada da fase classificatória, as quartas de final e as semifinais. No Circuito Sul-Americano o ranking é feito apenas para os países, contando apenas a pontuação da dupla de melhor resultado em cada etapa. Os campeões de cada torneio somam 200 pontos para o país, o vice, 180, o terceiro colocado, 160, e reduzindo 20 pontos em cada posição seguinte. Read More
    Praia
  • Jogo importante Sesi-SP e Funvic/Taubaté fazem o conhecido confronto de seis pontos

    Uma vitória por 3 sets a 0 ou 3 a 1, na Superliga de vôlei, acrescenta três pontos na tabela. Para o Sesi-SP, que vai jogar em casa, na Vila Leopoldina, em São Paulo (SP), neste sábado (13.02), isso significa chegar a 36 pontos e se aproximar do segundo colocado. Nesta posição, está justamente com o adversário de amanhã, Funvic/Taubaté (SP), que tem 38 pontos e chega a capital paulista também para somar a pontuação máxima e se distanciar na classificação. Toda essa disputa acontecerá às 11h30, com transmissão ao vivo do SporTV, pela sexta rodada do returno da Superliga masculina 15/16.O equilíbrio entre as equipes promete agitar a partida. Os times se conhecem bem após se enfrentarem no Campeonato Paulista e já na Superliga, e os jogadores têm informações detalhadas e valiosas sobre os que estão do outro lado da rede. Companheiros de seleção brasileira, o líbero Serginho, do Sesi-SP, e o ponteiro Lucarelli, do Funvic/Taubaté, concordam quando o assunto é a expectativa para o jogo deste sábado.Lucarelli sabe do valor de um resultado positivo nesta sexta rodada do returno. “Amanhã, além de ter tudo para ser um excelente jogo tecnicamente, também é um confronto de seis pontos. Uma vitória nos daria uma vantagem boa e, no caso deles, se aproximariam bem da nossa equipe. É uma partida muito importante para os dois lados”, destacou o ponteiro do time de Taubaté.Conhecendo bem a qualidade da linha de passe do outro lado, especialmente com os experientes Serginho e Murilo, seus companheiros de seleção brasileira, Lucarelli ressaltou a atenção que o seu time deve dar ao saque.“A consistência na recepção, que facilita muito a rodada de bola deles, é algo que nos preocupa. Por isso, o saque, que sempre é decisivo em um jogo, contra o Sesi-SP passa a ter uma importância ainda maior”, explicou Lucarelli.O líbero do Sesi-SP, Serginho, sabe que seu time precisa de concentração para vencer o segundo colocado na tabela. “Conhecemos bem o time de Taubaté e sabemos da qualidade do grupo. Vamos precisar jogar bastante focados o tempo todo para conseguir o resultado que queremos. Vamos buscar esses três importantes pontos, que nos deixariam mais perto deles na classificação”, disse Serginho.O jogador acredita na boa qualidade da partida entre Sesi-SP e Funvic/Taubaté. “Nosso time está bem, preparado para essa partida e vamos estar em casa, que é sempre importante. Sem dúvidas, vai ser um jogo difícil para os dois lados, tem tudo para ser muito equilibrado e bem disputado, como sempre acontece nesse confronto. Vamos com tudo para conseguir essa vitória para subir na tabela e presentar a nossa torcida”, concluiu Serginho. Brasil Kirin x São José Vôlei também no SporTVO duelo entre Sesi-SP x Funvic/Taubaté abre a programação do dia e, logo depois, às 14h45, outro jogo com transmissão do SporTV, agita a sexta rodada do returno da Superliga masculina de vôlei 15/16. O Brasil Kirin (SP), quarto colocado na tabela, com 27 pontos, receberá o São José Vôlei (SP), que ocupa a oitava colocação, com 20. Em casa, o ponteiro Olteanu sabe da importância de uma vitória do Brasil Kirin. “Temos que impor nosso ritmo, fazer pressão e não deixar que eles entrem no jogo. Sabemos que não será fácil. Fizemos uma boa semana, trabalhamos bem. Alguns times preferiram descansar, nós treinamos de forma intensa desde segunda-feira”, disse o jogador romeno.Todos os times entrarão em quadra neste sábado. Às 18h, serão realizados três jogos: JF Vôlei (MG) x Montes Claros Vôlei (MG), Lebes/Gedore/Canoas (RS) x Bento Vôlei/Isabela (RS) e Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) x Voleisul/Paquetá Esportes (RS). E, às 19h, o Minas Tênis Clube (MG) receberá o atual campeão da Superliga, Sada Cruzeiro Vôlei (MG).SUPERLIGA MASCULINA 15/16SEXTA RODADA DO RETURNO13.02 (SÁBADO) – Sesi-SP x Funvic/Taubaté, às 11h30, na Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) – SPORTV13.02 (SÁBADO) – Brasil Kirin (SP) x São José Vôlei (SP), às 14h45, no Taquaral, em Campinas (SP) – SPORTV13.02 (SÁBADO) – JF Vôlei (MG) x Montes Claros Vôlei (MG), às 18h, na UFJF, em Juiz de Fora (MG)13.02 (SÁBADO) – Lebes/Gedore/Canoas (RS) x Bento Vôlei/Isabela (RS), às 18h, no La Salle, em Canoas (RS)13.02 (SÁBADO) – Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) x Voleisul/Paquetá Esportes (RS), às 18h, no Chico Neto, em Maringá (PR)13.02 (SÁBADO) – Minas Tênis Clube (MG) x Sada Cruzeiro (MG), às 19h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG)O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro Read More
    Superliga
  • Líderes Dentil/Praia Clube e Rexona-AdeS fazem confronto de primeiros colocados

    A pausa para o Carnaval foi pequena. Na segunda-feira passada (08.02), Dentil/Praia Clube (MG) e Rexona-AdeS (RJ) já estavam de volta às quadras para a rotina de treinos. Afinal, o jogo desta sexta-feira (12.02) merece atenção. E, bem preparadas, as duas equipes se enfrentam às 21h, no ginásio do Praia Clube, em Uberlândia (MG), com transmissão ao vivo do SporTV, pela oitava rodada do returno da Superliga feminina de vôlei 2015/2016.O duelo envolve os dois primeiros colocados na tabela de classificação. O time do Rio de Janeiro é o líder, com 48 pontos, enquanto a equipe mineira aparece logo abaixo, com 45 – ambas com o total de 18 jogos disputados. O confronto pode deixar a competição ainda mais equilibrada já que, em caso de vitória do Dentil/Praia Clube por 3 sets a 0 ou 3 a 1, a primeira colocação ficará dividida entre as duas equipes.Por isso, a importância do resultado é destacada pela central da equipe da casa, Natasha. “Esse jogo tem toda uma diferença. Primeiro, pela briga da liderança. Mas, além disso, porque vamos jogar dentro de casa e o nosso time é muito forte dentro em Uberlândia, com o apoio da nossa torcida”, afirmou Natasha.A central ainda falou sobre a qualidade do time que estará do outro lado da rede. “Vejo uma equipe com um grupo de atacantes muito fortes. Precisamos sacar bem. Isso vai ajudar a marcação de bloqueio e defesa. É uma equipe de muita qualidade e sabemos que precisamos entrar focadas. Sem dúvidas, temos que procurar fazer tudo como estudamos e treinamos”, complementou Natasha.A ponteira do Rexona-AdeS, Gabi, também sabe que seu time terá dificuldades para alcançar o objetivo do resultado positivo. “Sem dúvida, esperamos uma partida difícil, jogamos contra a equipe delas na final da Copa Banco do Brasil e vimos a dificuldade”, afirmou Gabi, mesmo depois de uma boa vitória da sua equipe, por 3 sets a 0.A jogadora ainda falou sobre a necessidade de crescimento do time carioca. “Viemos de jogos difíceis contra o Terracap/Brasília Vôlei e contra o Pinheiros e sabemos que temos muito o que melhorar. Esse vai ser um confronto direto em busca da liderança e vai ser necessário diminuir cada vez mais os erros e sacar muito bem”, concluiu Gabi.Rodada cheiaOs 12 times da Superliga feminina entrarão em quadra nesta sexta-feira. Às 19h30, acontecerão três partidas: Renata Valinhos/Country (SP) x Sesi-SP, Camponesa/Minas x Vôlei Nestlé e Pinheiros/Klar (SP) x Concilig/Vôlei Bauru (SP).E, às 20h, se enfrentarão São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) x Rio do Sul/Equibrasil (SC) e Terracap/Brasília Vôlei (DF) x São Bernardo Vôlei (SP).SUPERLIGA FEMININA 15/16OITAVA RODADA DO RETURNO12.02 (SEXTA-FEIRA) – Renata Valinhos/Country (SP) x Sesi-SP, às 19h30, no Pedro Ezequiel da Silva, em Valinhos (SP)12.02 (SEXTA-FEIRA) – Camponesa/Minas x Vôlei Nestlé, às 19h30, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG)12.02 (SEXTA-FEIRA) – Pinheiros/Klar (SP) x Concilig/Vôlei Bauru (SP), às 19h30, no Henrique Villaboim, em São Paulo (SP)12.02 (SEXTA-FEIRA) – São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) x Rio do Sul/Equibrasil (SC), às 20h, no Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP)12.02 (SEXTA-FEIRA) – Terracap/Brasília Vôlei (DF) x São Bernardo Vôlei (SP), às 20h, no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF)12.02 (SEXTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) x Rexona-AdeS (RJ), às 21h, no Praia, em Uberlândia (MG) – SPORTVO Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro Read More
    Superliga
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Superliga

Vôlei Quadra

Vôlei Praia

Superliga B